UFRJ DE EXCELÊNCIA

Roberto Leher,eleito reitor da maior universidade federal

Roberto Leher,eleito reitor da UFRJ

Porto Alegre (excelência em democracia) – Funcionários, estudantes e professores acabam de eleger o novo reitor da maior universidade federal do país, a UFRJ (Rio de Janeiro) – ver aqui. Uma instituição de qualidade também é aquela que cumpre suas atribuições sem abrir mão do fortalecimento democrático, do debate franco e aberto.

Parabéns aos cerca de 20 mil eleitores da comunidade da UFRJ por nos mostrar que excelência pode e deve ocorrer com participação ampliada, discussão de ideias e voto de todos os setores envolvidos – aqui as propostas da chapa vencedora. Mais: Leher foi eleito num sistema paritário, onde cada uma das três categorias vale 1/3 dos votos.

Pelas regras burocráticas e autoritárias vigentes (e que muitas universidades seguem servilmente – como a UFRGS), o voto dos professores valeria 70% do total (mais de 2/3).

A apuração ainda não foi concluída, mas fica claro que Leher não seria eleito caso sua instituição se curvasse às regras tradicionais. Por exemplo, ele teve 1.119 votos entre os professores, enquanto a outra chapa concorrente obteve 1.844 votos nesta categoria.

Por outro lado fica evidente o amplo apoio a Leher dos outros dois setores, o que permitiu a sua vitória: conseguiu 2.694 entre os servidores técnico-administrativos contra 1.898 dos seus adversários. E foi acachapante entre os estudantes: 9.420 votos contra 2.692 dos seus opositores.

Resumindo: Leher teve apoio de 38% dos docentes, 57% dos servidores técnico-administrativos e 77% dos estudantes. E na ponderação paritária ficou cerca de 1% a frente da chapa opositora. Este é o resultado do 2º turno das consultas à comunidade (que teve 3 chapas no primeiro turno), e o Conselho Universitário tem o compromisso público de respeitar o resultado das consultas na composição da lista tríplice, obrigatória pela legislação vigente, a ser submetida ao Ministério da Educação (um absurdo rabicho da ditadura, intocado pelos governos de plantão em Brasília…).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *