PROCURA-SE MINISTRO DA EDUCAÇÃO 5

Maluf: a base aliada segue defendendo Dilma

Maluf: a base aliada segue defendendo Dilma

Porto Alegre (um governo de coalisão!) – Fontes fidedignas dão conta de que a base de sustentação se mobiliza para ajudar a Presidenta Dilma Rousseff a indicar um excelente Ministro da Educação. Neste sábado vários já se manifestaram, capitaneados pelo deputado aliado Paulo Maluf (“em defesa da República e da democracia” teria dito).

Ele fez questão de convocar a imprensa e, sorrindo, garantiu que responderia todas as questões. Primeira pergunta: “Deputado, o seu partido está envolvido até o pescoço no escândalo da Petrobrás. Como o senhor pensa em ajudar a Presidenta a sair da crise?”. Maluf agradeceu a pergunta e respondeu calmamente: “Minha querida jornalista, o Partido Progressista apoiou os mandatos do Presidente Lula e também da Dilma. Temos uma aliança programática forte, uma história juntos. O atual Ministro da Integração Nacional é nosso representante no governo. O resto é especulação. Todas as acusações são infundadas. Os 5 deputados do PP gaúcho são inocentes na Lava Jato, assim como eu nunca tive conta na Suiça e sou honesto”. Tomou um gole de água e continuou: “Seguimos firmes na base da Dilma e inclusive estamos indicando um de nossos melhores quadros para o MEC, nosso colega Jair Bolsonaro, do Rio de Janeiro”.

Governabilidade sem preconceitos: Bolsonaro no MEC

Governabilidade sem preconceitos: Bolsonaro no MEC

Apuramos que a proposta de Maluf foi respaldada por outros dois ministros de Dilma: Kátia Abreu (latifundiária e Ministra da Agricultura) e Gilberto Kassab (Ministro das Cidades e homem progressista). A Ministra teria dito: “Defendemos de um governo de coalisão, unindo todas as forças em prol da Pátria” e Kassab argumentou: “Precisamos superar os preconceitos! Direita e Esquerda, o que é isso? Bolsonaro daria novos rumos pra educação do país”. E apesar de já serem aventados nomes de peso as movimentações seguem intensas, e gente graúda também quer emplacar o novo ocupante do MEC. Ainda hoje novas revelações…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *